sexta-feira, 18 de janeiro de 2008

abram alas


Uma das maiores damas da moda está no Brasil. Desembarcando no país para uma participação no SPFW, a estilista Vivienne Westwood falou com a imprensa sobre a sua parceria com a Melissa, seu controverso manifesto, até deu uns pitacos no Bush e disse torce para que Obama seja eleito nas próximas eleições.

Vivienne é uma figura super importante para a moda, e porque não dizer, para a música também. Ela e o ex-marido/sócio Malcolm McLaren foram os responsáveis por criar o estilo punk que foi eternizado pelos Sex Pistols - ele era manager da banda e ela stylist. Ela não gosta de falar sobre essa época, mas é certo que as polêmicas e controvérsias continuam em sua vida. Exemplo disso é o manifesto Active Resistance Against Propaganda, que será lido hoje na Bienal, que defende a moda não como uma coisa passageira, mas como arte.

Para a dama do punk, o legal da moda é a criação de peças duradouras, que evitem o consumo indiscriminado e que sejam, como a própria arte, atemporais. É estranho ver uma estilista apoiar uma causa que praticamente anula seu ganha pão, mas é por isso que Vivienne tem a fama que tem. Seu manifesto é autêntico e contestador como ela. E esse é, aliás, o espírito punk.


Nos anos 70


Tá vendo essa calça rasgada aí? Se não fosse por ela,
provavelmente vc não a usaria hoje.

Tá bom vai, os Ramones ajudaram tbm...


1 comentários:

Tiago disse...

Punk rock! Anarquia! Abaixo ao capitalismo!! e Fashion Week!
kekekekekekekekekekke
contradição engraçada... ms válida.