quinta-feira, 21 de fevereiro de 2008

arte urbana em livro

Materiais grosseiros como concreto, metal e cimento viram arte nas mãos da ítalo-brasileira Maria Bonomi. A gravadora, cenógrada e artista plástica, que desde a década de 70 se dedica a obras públicas de grande dimensão, deixa sua marca nas metrópoles com painéis e esculturas que atraem e surpreendem o transeunte acostumado a passar desatento pelas montanhas cinzas da cidade.

Em São Paulo é possível ver um monte de sua arte. Mais recente, o painel Etnias do Primeiro e Sempre Brasil, inaugurado em janeiro na passagem subterrânea que liga o memorial da América Latina à estação do metrô Barra Funda, retrata a história dos índios brasileiros em 50 metros de comprimento.

Agora, a artista tem a trajetória revista no livro Maria Bonomi – Da Gravura à Arte Pública, lançado em parceria entre a Edusp e a Imprensa Oficial (420 págs, R$ 140) e organizado pela professora Mayra Laudanna. Dividida em três partes, a edição apresenta o conceito de arte pública segundo a artista, entrevistas, depoimentos, complementados com ensaio do crítico Leon Kossovitch.

2 comentários:

Anônimo disse...

Mila,

A importancia da arte urbana numa cidade como São Paulo, grande metropole cinza,é vital e ganha com uma dimensão e visão de peso quando publicada por Maria Bonomi.
legal....

katia

Terroir Graffiti disse...

Se gostas de graffiti do que estás a espera? Mas mesmo que odeies, aparece para cascar!
Participa dia 16 de Junho de 2009, pelas 18:00h na Biblioteca UNL no Campus de Caparica, na inauguração da exposição Terroir Graffiti

A exposição integra uma dimensão extramuros, onde um Writer será acompanhado na sua actividade por uma equipa de filmagens que produzirá um documentário, outra intramuros que consiste na pintura de um mural do Campus de Caparica e uma terceira indoor, instalação efémera de artes plásticas.

Poderás participar no debate que reúne artistas, investigadores no campo das ciências sociais e outras individualidades que trabalham sobre o tema da arte urbana.

Local: Biblioteca UNL no Campus de Caparica – Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa
Data: 16 de Junho a 11 de Setembro de 2009
Horário: 16 de Junho a 19 de Julho, 2.ª a 6.ª, das 09:00h às 20:00h.
20 de Julho a 11 de Setembro, 2.ª a 6.ª, das 09:00h às 17:00h.
Para mais informações: http://biblioteca.fct.unl.pt
http://bibliotecaunl.blogspot.com/

Como cá chegar:
http://www.fct.unl.pt/candidato/como-chegar-a-fct