terça-feira, 28 de abril de 2009

oh, god!

O texto abaixo é uma reprodução da coluna da Mônica Bergamo, da Folha de São Paulo de hoje (28/04/09). Leiam e concordem comigo. É ou não é a coisa mais hilária já publicada num jornal nos últimos tempos?

"Cala a boca, seu b.!"

Era para ser uma como tantas noites agradáveis em que clientes célebres e outros nem tanto levam suas famílias para jantar no restaurante Gero, do grupo Fasano, no sábado. Até que um casal, formado por um estrangeiro e uma jovem linda e loira, entrou e se sentou numa mesa reservada para quatro pessoas. Alertada pelo garçom, a moça reagiu: "Seu mal educado, seu grosso. Tá pensando o quê?"

Assustado com a reação, o funcionário chamou o mâitre, que gentilmente explicou à cliente que ela poderia se sentar em uma mesa mais ao fundo do restaurante, de dois lugares. O casal foi acomodado numa mesa ao lado da do ministro da Educação, Fernando Haddad, que jantava com os filhos.

Ainda inconformada, de acordo com o testemunho de dois clientes que estavam lá, a moça continuou a falar mal do garçom, num tom de voz que quase todo o restaurante conseguia ouvir. Até que um outro cliente se levantou, bateu nas costas dela e disse: "A senhora poderia falar mais baixo e parar de humilhar o garçom?" E a jovem: "Cala a boca, seu bosta!" O cliente reagiu: "Cala a boca você, sua garota de programa!"

Ela jogou um copo de água nele. Ele jogou um copo de água nela. Ela então jogou um copo de vinho nele. O homem que acompanhava a jovem se levantou e foi embora. Ela foi atrás, xingando.

O Gero não cobrou o vinho servido a boa parte dos clientes naquela noite.

4 comentários:

Ana Luísa disse...

hahaha! meu deus. não parece cena de filme b?

Anônimo disse...

vixe......isso que eu chamo de dar pérolas aos porcos.

Camila disse...

Gentem que baixariaaaaaa!!!!
Mas precisa publicar...ahahhahah

Camila Alam disse...

haha
tbm achei isso, cá! é imperdível! rs